MENU

PDF Download

A Cartomante - Machado de Assis

Descrição do livro:

A Cartomante é um conto do escritor brasileiro Machado de Assis, que foi publicado originalmente na Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro, em 28 de novembro de 1884. Posteriormente, foi incluído no livro Várias Histórias, publicado em 1896, e em Contos: Uma Antologia. Foi também adaptado para o cinema em 1974 e em 2004 e em para Ópera por Jorge Antunes em 2014.



Links - TOP 20:

O Cortiço - Aluísio Azevedo - PDF
1984 - George Orwell - PDF
O Alienista - Machado de Assis - PDF
O Diário de Anne Frank - PDF
Bíblia PDF
Odisséia - Homero - PDF
Iracema - José de Alencar - PDF
Romeu e Julieta - William-Shakespeare - PDF
Os Sertões - Euclides da Cunha - PDF
Orgulho e Preconceito - Jane Austen - PDF
Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis - PDF
Mein Kampf - Adolf Hitler
Dom Casmurro – Machado de Assis - PDF
Senhora - José de Alencar - PDF
Histórias de Fantasmas - Charles Dickens - PDF
Amor é fogo que arde sem se ver - Luís Vaz de Camões
O Navio Negreiro - Castro Alves
Os Miseráveis - Victor Hugo - PDF
Canção do exílio - Gonçalves Dias



Sobre o Autor:

Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 — Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) foi um escritor brasileiro, amplamente considerado como o maior nome da literatura nacional. Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista, e crítico literário. Testemunhou a mudança política no país quando a República substituiu o Império e foi um grande comentador e relator dos eventos político-sociais de sua época.

Sua extensa obra constitui-se de nove romances e peças teatrais, duzentos contos, cinco coletâneas de poemas e sonetos, e mais de seiscentas crônicas. Machado de Assis é considerado o introdutor do Realismo no Brasil, com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881). Este romance é posto ao lado de todas suas produções posteriores, Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires, ortodoxamente conhecidas como pertencentes a sua segunda fase, em que se notam traços de pessimismo e ironia, embora não haja rompimento de resíduos românticos. Dessa fase, os críticos destacam que suas melhores obras são as da Trilogia Realista.[1] Sua primeira fase literária é constituída de obras como Ressurreição, A Mão e a Luva, Helena e Iaiá Garcia, onde notam-se características herdadas do Romantismo, ou "convencionalismo", como prefere a crítica moderna.

Sua obra foi de fundamental importância para as escolas literárias brasileiras do século XIX e do século XX e surge nos dias de hoje como de grande interesse acadêmico e público. Influenciou grandes nomes das letras, como Olavo Bilac, Lima Barreto, Drummond de Andrade, John Barth, Donald Barthelme e outros. Em seu tempo de vida, alcançou relativa fama e prestígio pelo Brasil, contudo não desfrutou de popularidade exterior na época. Hoje em dia, por sua inovação e audácia em temas precoces, é frequentemente visto como o escritor brasileiro de produção sem precedentes, de modo que, recentemente, seu nome e sua obra têm alcançado diversos críticos, estudiosos e admiradores do mundo inteiro. Machado de Assis é considerado um dos grandes gênios da história da literatura, ao lado de autores como Dante, Shakespeare e Camões.



YOUTUBE - Meu Canal

Lista de Poemas by Sanderlei



Enredo

A história começa numa sexta-feira de novembro de 1869 com um diálogo entre Camilo e Rita. Camilo nega-se veementemente a acreditar na cartomante e sempre desaconselha Rita de maneira jocosa. A cartomante está caracterizada neste conto como uma charlatã, destas que falam tudo o que serve para todo mundo. É um personagem sinistro, que não tem o seu nome revelado (característica machadiana), destaca-se como uma personagem que ludibria as personagens principais. Rita crê que a cartomante pode resolver todos os seus problemas e angústias. Rita, no fim do conto, quando está prestes a ter desmascarado seu caso com Camilo, no ápice de seu desespero, recorre a esta mesma cartomante, que por sua vez o ilude da mesma forma como ilude a todos os seus clientes, inclusive Camilo. A mulher usa frases de efeito e metáforas a fim de parecer sábia e dona do destino de Camilo, que sai de lá confiante em suas palavras. Ao chegar no apartamento de Villela, Camilo encontra Rita morta e é morto a queima roupa pelo amigo de infância, que já estava sabendo da traição da esposa e o esperava de arma em punho.



Sanderlei Silveira

Conteúdo Educacional

Conteúdo Educacional por Sanderlei Silveira. História e Geografia dos Estados de Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, Atividades Educativas para Crianças de 4 à 11 anos, Resumo de História, Artes e Atualidades, Livros em Domínio publico para download em PDF, Livros para leitura online e a obra completa de Machado de Assis.

Menu completo - Clique Aqui!

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira

A Cartomante - Machado de Assis

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público



Radar by Sanderley (Playlist)




Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Radar by Sanderlei (TRENDS)
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard Hot 100 e músicas de mais de 100 países em 50 diferentes línguas.

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira

Poesia & PDF
Poemas & PDF by Sanderlei

Anne Frank - PDF
Machado de Assis - PDF
A Divina Comédia - Dante - PDF
Língua Portuguesa - Olavo Bilac
Hamlet - William-Shakespeare - PDF
Romeo and Juliet (In English) - William Shakespeare - PDF
O Processo - Franz Kafka - PDF
Como Quando do Mar Tempestuoso - Luís Vaz de Camões
Velhas Árvores - Olavo Bilac
Balada da Neve - Augusto Gil
A mãe do cativo - Castro Alves
Sôbolos rios que vão - Luís Vaz de Camões
Bandido Negro - Castro Alves
Quase - Mário de Sá-Carneiro
A cruz da estrada - Castro Alves
Amar - Florbela Espanca
Budismo Moderno - Augusto dos Anjos
O morcego - Augusto dos Anjos
Porque Quereis, Senhora, que Ofereça - Luís Vaz de Camões
Marabá - Gonçalves Dias
A moleirinha - Guerra Junqueiro
Incensos - João da Cruz e Sousa
Vozes da Morte - Augusto dos Anjos