MENU

PDF Download

A Revolução dos Bichos - George Orwell

Descrição do livro:

Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História mimetizam os que estavam em curso na União Soviética.

Com o acirramento da Guerra Fria, as mesmas razões que causaram constrangimento na época de sua publicação levaram A revolução dos bichos a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell, adepto do socialismo e inimigo de qualquer forma de manipulação política, sentiu-se incomodado com a utilização de sua fábula como panfleto. Depois das profundas transformações políticas que mudaram a fisionomia do planeta nas últimas décadas, a pequena obra-prima de Orwell pode ser vista sem o viés ideológico reducionista.

Mais de sessenta anos depois de escrita, ela mantém o viço e o brilho de uma alegoria perene sobre as fraquezas humanas que levam à corrosão dos grandes projetos de revolução política. É irônico que o escritor, para fazer esse retrato cruel da humanidade, tenha recorrido aos animais como personagens. De certo modo, a inteligência política que humaniza seus bichos é a mesma que animaliza os homens. Escrito com perfeito domínio da narrativa, atenção às minúcias e extraordinária capacidade de criação de personagens e situações, A revolução dos bichos combina de maneira feliz duas ricas tradições literárias: a das fábulas morais, que remontam a Esopo, e a da sátira política, que teve talvez em Jonathan Swift seu representante máximo.



Links - TOP 20:

O Cortiço - Aluísio Azevedo - PDF
1984 - George Orwell - PDF
O Alienista - Machado de Assis - PDF
O Diário de Anne Frank - PDF
Bíblia PDF
Odisséia - Homero - PDF
Iracema - José de Alencar - PDF
Romeu e Julieta - William-Shakespeare - PDF
Os Sertões - Euclides da Cunha - PDF
Orgulho e Preconceito - Jane Austen - PDF
Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis - PDF
Mein Kampf - Adolf Hitler
Dom Casmurro – Machado de Assis - PDF
Senhora - José de Alencar - PDF
Histórias de Fantasmas - Charles Dickens - PDF
Amor é fogo que arde sem se ver - Luís Vaz de Camões
O Navio Negreiro - Castro Alves
Os Miseráveis - Victor Hugo - PDF
Canção do exílio - Gonçalves Dias



Sobre o Autor:

Eric Arthur Blair (Motihari, Índia Britânica, 25 de junho de 1903 – Camden, Londres, Reino Unido, 21 de janeiro de 1950), mais conhecido pelo pseudónimo George Orwell, foi um escritor, jornalista e ensaísta político inglês, nascido na Índia Britânica. Sua obra é marcada por uma inteligência perspicaz e bem-humorada, uma consciência profunda das injustiças sociais, uma intensa oposição ao totalitarismo e uma paixão pela clareza da escrita.[4] Apontado como simpatizante da proposta anarquista, o escritor faz uma defesa da auto-gestão ou autonomismo. O entusiasmo do autor pelo socialismo democrático não foi abalado pela experiência do socialismo soviético, um regime que Orwell denunciou em seu romance satírico "A revolução dos bichos".
Considerado talvez o melhor cronista da cultura inglesa do século XX, Orwell se dedicou a escrever resenhas, ficção, artigos jornalísticos polémicos, crítica literária e poesia. Ele é mais conhecido pelo romance distópico Nineteen Eighty-Four - 1984 (Escrito em 1949) e pela novela satírica Animal Farm (1945). Juntas, estas obras venderam mais cópias do que os dois livros mais vendidos de qualquer outro escritor do século XX.[9] Um outro livro de sua autoria, Homage to Catalonia (1938) - um relato de sua experiência como combatente voluntário no lado republicano da Guerra Civil Espanhola - também é altamente aclamado, assim como seus ensaios sobre política, literatura, linguagem e cultura. Em 2008, o The Times classificou-o em segundo lugar em uma lista de "Os 50 maiores escritores britânicos desde 1945".
A influência de Orwell na cultura contemporânea, tanto popular quanto política, perdura até os dias de hoje. Vários neologismos criados por ele, assim como o termo orwelliano - palavra usada para definir qualquer prática social autoritária ou totalitária - já fazem parte do vernáculo popular.



YOUTUBE - Meu Canal

Lista de Poemas by Sanderlei



Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online



Sanderlei Silveira

Conteúdo Educacional

Conteúdo Educacional por Sanderlei Silveira. História e Geografia dos Estados de Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, Atividades Educativas para Crianças de 4 à 11 anos, Resumo de História, Artes e Atualidades, Livros em Domínio publico para download em PDF, Livros para leitura online e a obra completa de Machado de Assis.

Menu completo - Clique Aqui!

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira

A Revolução dos Bichos - George Orwell - Download

PDF Domínio Público
Livros em PDF para Download
Lista completa de Livros em PDF para Download em Domínio Público



Radar by Sanderley (Playlist)




Mais de sanderlei.com.br

Música - Song
Radar by Sanderlei (TRENDS)
Tudo que rola no mundo musical, incluindo Billboard Hot 100 e músicas de mais de 100 países em 50 diferentes línguas.

Poesia & PDF
Poemas & PDF by Sanderlei

Anne Frank - PDF
Machado de Assis - PDF
A Divina Comédia - Dante - PDF
Língua Portuguesa - Olavo Bilac
Hamlet - William-Shakespeare - PDF
O Processo - Franz Kafka - PDF
Romeo and Juliet (In English) - William Shakespeare - PDF
A Cartomante - Machado de Assis - PDF
O Navio Negreiro - Castro Alves - PDF
Antologia de Contos Extraordinários - Edgar Allan Poe - PDF
Persuasão - Jane Austen - PDF
Sôbolos rios que vão - Luís Vaz de Camões
Helena – Machado de Assis - PDF
Quase - Mário de Sá-Carneiro
O Velho e o Mar - Ernest Hemingway - PDF
Anna Karenina - Leon Tolstói - PDF
Budismo Moderno - Augusto dos Anjos
O morcego - Augusto dos Anjos
Porque Quereis, Senhora, que Ofereça - Luís Vaz de Camões
Marabá - Gonçalves Dias
A moleirinha - Guerra Junqueiro
Incensos - João da Cruz e Sousa
Vozes da Morte - Augusto dos Anjos